Obra feliz! Em harmonia! PROJETO bem resolvido

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Ícaro Sala 02

Iniciar um empreendimento, seja de decoração de um ambiente ou um edifício comercial, sem provisão financeira, trará com certeza, muito stress para quem contrata e afetará muito o relacionamento com os contratados.

Com o planejamento adequado é possível saber o desembolso necessário até por etapas da obra, adequando-se o caixa para cada fase. Bom planejamento implicará não ter que chegar ao final da obra cortando aqueles itens que dariam brilho aos ambientes.

Alguns têm adotado a postura:- Vamos construir e seja o que Deus quiser! Justamente para não ter que encarar as cifras finais, sentindo-se mais otimistas para a empreita. A ideia de uma planilha de custos, que permite ver o todo, como esta que elaboramos, para um cliente, os assusta e tira suas forças. Optam por ir meio que às escuras, na fé, afinal dizem: - No final tudo se ajeita. É verdade, que alguns conseguem este feito, mas não, sem noites mal dormidas.

Planilha

Certa feita, eu e meu esposo, tínhamos a tarefa de reformar uma casa nossa para alugar. Estabelecemos o capital disponível e em quanto tempo o aluguel cobriria aquele investimento de reforma. Foi muito importante para não deixar que a empolgação tomasse as decisões.

Listamos todos os itens que seriam feitos e iniciamos os orçamentos de material e mão de obra. Nestas horas, ficamos ansiosos porque queremos logo começar a obra, mas nos seguramos e procuramos usar a razão e saber os valores antes.

Foi um desafio, principalmente ao escolher os revestimentos. Os olhinhos da arquiteta aqui, sempre batem "naquele" produto especial. Não abrimos mão da qualidade e durabilidade, mas existem "n" opções no mercado e nem sempre "aquele" produto é o único. Pesar o custo benéfico ajuda muito.

A arte de construir e como a arte de administrar, é saber o foco e cortar os excessos para se atingir o objetivo.

Informar ao seu arquiteto quando está disposto a investir, ajuda muito, pois se você apenas lhe falar do seu sonho é certeza que ele vai sonhar ainda mais com você, afinal todo artista tem um pouco de sonhador, não é?

Render 1

Uma postura também a ser evitada, é ter uma ideia irreal de custo de projetos e obras praticado no mercado. Se vai construir se informe quanto esta o m² da construção (cub) para o que pretende fazer. O site do Sinduscon -GO é um ótimo auxílio neste momento inicial. Todos os meses ele informa o valor do m², que você multiplicando pela área a ser construída tem um valor estimado da obra.

Durante os projetos mantenha um diálogo aberto com a equipe escolhida e faça projetos acompanhados de custos de materiais, não deixe para saber tudo quando estiver na obra.

Fazer projetos acompanhados de planilhas de custos despendem  mais horas do profissional e consequentemente agrega valor de honorários nesta etapa, mas sem dúvida, produzem decisões mais assertivas e permitem que se troque um ou alguns itens ainda na fase de projeto, não deixando surpresas para última hora.

Para orçamentos mais exatos é sempre importante ter além, dos projetos de arquitetura e interiores, os projetos de: estrutura, fundação, hidrossanitária, elétrico, rede, áudio e vídeo, segurança e todos conforme a complexidade da obra. E complexidade, nem sempre está diretamente relacionado à dimensão da obra. Existem espaços pequenos que às vezes são mais ricos de tecnologias e detalhes que outras áreas bem maiores.

Projetos com detalhes e especificações completas geram orçamentos mais fiéis. Projetos genéricos produzem interpretações variadas (conforme a convivência de cada um) e consequentemente orçamentos furados, ai a previsão vai por água a baixo.

Imagem3

Neste ambiente projetado para a Panificadora Pannera, por exemplo, vemos que foram escolhidos revestimentos tipo tijolinhos para as paredes. Incrível e legal é que hoje temos diversas opções possíveis no mercado, cada uma com seu preço, forma de assentamento e estética. Foi preciso então, especificar o material, a marca, o modelo com tamanho e tonalidade, sem este norte, o cliente ficaria tonto na hora de comprar e se passasse a obra para uma empreiteira correria o risco de ver o modelo "mais baratinho" colocado no final, e que talvez não fosse aquele esperado.

Desta forma, a cada dia mais, as empresas e pessoas estão se dando conta que quanto mais detalhados forem os projetos, mais alívios terão durante a obra. Sugerimos, então, INVISTA EM UM PROJETO DETALHADO, mesmo que o custo pareça ser maior no ínicio, o resultado será visível e lhe ajudará a ter uma OBRA + FELIZ!

Quer saber quanto custará o seu projeto de arquitetura detalhado? Clique no botão abaixo!

Peca Seu Orcamento Aqui


Poste seu comentario